ajudantes da tretinoína

Há 3 ingredientes super-heróis nos tratamentos de pele anti-idade: Péptidos, Vitamina C, e a mãe de todos os super-heróis: a Tretinoína (acompanhada de perto pelo retinol, retinóides e quejandos derivados da Vitamina A). É também frequentemente chamada ao salvamento em casos de acne.

Muitos usam produtos com retinol ou retinóides, que são formulados com percentagens baixas, derivados, e/ou com outros ingredientes que servem para “almofadar” os efeitos secundários mais agressivos.
Mas, quando se salta para fórmulas mais fortes ou para a tretinoína tópica (mais conhecida pelo seu nome comercial, Retin-A), não há como fugir aos efeitos secundários. Há como… abafá-los…
Na louca demanda da luta contra os efeitos do tempo na pele, há um método para a loucura e quero aqui partilhar o que tenho aprendido

Neste vídeo, falo dos produtos que encontrei que ajudam a minha pele a manter-se o mais calma, suavizada e equilibrada possível.

Neste post também incluí algumas dicas e informações relevantes, e ressalvo que voltarei a este post se encontrar mais informação.
Aconselho vivamente a que acompanhem o blog da Caroline Hirons: a fenomenal enciclopédia da pele ambulante que é esta mulher está a preparar um post (e quiçá vídeo) acerca deste assunto e ela é muito mais habilitada a falar deste tema do que eu.

Quando se começa a usar qualquer produto derivado da Vitamina A, há várias coisas a ter em conta:
  • Começar devagar, e aumentar a dosagem muito lentamente, para a pele ganhar resistência. Começar com uma a duas vezes por semana e só acrescentar mais um dia a cada 3 semanas, mais ou menos, conforme a pele esteja a reagir.
  • Não ter medo de recuar se a pele estiver reactiva. Diminuir a frequência da aplicação ou até mudar para outros produtos com concentrações mais baixas/derivados mais fracos.
  • Alguma secura e escamação são normais, especialmente se se está a usar um produto com receita, MAS sensação de ardor, vermelhidão, irritação forte não — são sinais para parar até a pele voltar ao normal, e, daí, recomeçar ou com uma dose mais baixa, ou com produtos mais fracos.
  • O produto deve ser aplicado em pele seca. Deve esperar-se pelo menos 15 minutos depois de lavar a cara antes de se pôr o creme. Se houver resíduos de água, podem puxar o produto demasiado para o interior da pele, criando efeitos adversos mais fortes.
  • Usar “amortecedores”, como um creme hidratante simples, logo após lavar a cara, esperar 20 a 30 minutos e só depois aplicar a tretinoína.
  • De manhã e nos dias “de folga” da pele, apostar na hidratação, sem activos agressivos (como ácidos tipo AHA ou BHA), a menos que tenham a certeza de que não haverá problema.
  • Usar produtos complementares muito simples e sem irritantes comuns (álcool denat., óleos essenciais, fragrâncias). Muitos produtos a que estamos habituados na nossa rotina normal podem revelar-se, durante o tratamento com tretinoína, ou demasiado abrasivos, ou pouco hidratantes para o que a pele precisa. Qualquer desconforto, é pô-los de lado até terminar o tratamento.
  • NUNCA descurar SPF. A pele está praticamente em carne viva, não pode levar com raios UV. Nem que esteja a chover. E reaplicar frequentemente.
  • Este é normalmente um tratamento de pelo menos 3 meses, em que não se notam melhorias nos primeiros 2. É preciso perseverança.
  • Produtos mais fracos, como os retinóides, também têm os mesmos resultados, só que a uma escala mais pequena, a mais longo prazo, e necessitando de uma aplicação mais frequente. A tretinoína é tipo tratamento de choque e nem todas as peles aguentam e isso não tem mal.
  • Não comprem produtos de receita médica no e-bay, por mais frustrante que seja.

Produtos mencionados:

Cleansers:
Clinique Take The Day Off Cleansing Balm (na maioria das perfumarias)
Pixi+Caroline Hirons Double Cleanse
Farmacy Green Clean Cleansing Balm (em loja, exclusivo Sephora)
Lush Ultrabland (segunda limpeza/lavagem da manhã. não é excelente para remoção de maquilhagem)

Hidratação:
Hada Labo Hyaluronic Lotion Moist
Garden of Wisdom Daily Hydrator

Creme Hidratante:
La Roche-Posay Cicaplast Pro Recovery Skincare (farmácias e para-farmácias)

SPF:
Super Goop Everyday Sunscreen SPF 50 (qualquer SPF serve, desde que alto)
La Roche Posay Anthelios Invisible Face Mist SPF 50 (farmácias e para-farmácias)

Extras:
Garden of Wisdom Vitamin C 23% and Ferulic Acid (para os “dias de folga” da pele)
Dermalogica Daily Microfoliant (se a pele precisar muito de uma ligeira esfoliação. usar sempre muito pouco, misturado com um bálsamo de limpeza)
Good Genes (versão ácido lácteo, só disponível nos Estados Unidos. Não sei como será a versão Europeia, de ácido glicólico, porque nunca experimentei).

Pode parecer óbvio, mas manter um calendário perto do sítio onde se tem os cremes com as rotinas apontadas a lápis pode ajudar bastante. Quando se altera a rotina, é só apagar e voltar a apontar. Ei, se já estou na idade de usar tretinoína, também posso estar a precisar de auxiliares de memória, não?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.