Pat McGrath x Bridgerton

a paleta MTHRSHP Diamond of the First Water está à venda por 71€, por tempo limitado.
caidinha pelos vídeos do Instagram, tinha de experimentar em câmara na minha pele com textura e umas décadas de uso, sem filtros nem magias.

foi divertido experimentar as fórmulas muito especiais duma marca tão badalada, mas não foi uma viagem sem desafios.

as cores são muito bonitas e revelam-se na pele como aparecem na paleta. apesar de mais limitado, por causa da temática, ainda se conseguem alguns looks diferentes.

as sombras portam-se bem, esbatem-se com facilidade mas têm pigmentação, e podem intensificar-se com facilidade.
o mate escuro, Plum Regalia, não se deu muito bem com o primer que usei – o que é menos mal, porque raramente uso primer. não gosto de fixar o primer com pó porque acabo por criar mais textura e perder intensidade de cor nas sombras, mas cada um tem a sua técnica.
a sombra Astral (Regency Blue) é ao vivo muito mais seca/glitter solto e mais opaca do que pode parecer nas imagens. aconselho humedecer a sombra no pincel para aplicar com menos dispersão, e usar uma cola de glitter para estender a longevidade.
as cores rosadas têm a dose certa de pigmento e densidade para terem bastante pigmentação mas poderem ser usadas como blush. o acabamento semi-acetinado é um extra muito bem-vindo.
a sombra mais clara, Iconic Ingenue, é talvez a mais fraca do grupo: não tem muito brilho e acaba por dar um aspecto seco e textura à pele. em mim, não funciona como iluminador.

Usei o primer anti-idade da Urban Decay, o primer para glitter da NYX, o lápis Alcaline da Urban Decay, e o rímel Caution da Hourglass.

Nota: este vídeo foi filmado antes da invasão da Ucrânia.
é uma situação profundamente perturbadora e tenho [temos, tantos] o coração em alvoroço e uma profunda sensação de impotência.
por isso, quase não publiquei este vídeo. tudo me parece meio fútil e desprovido de sentido.
no entanto, como pessoa que sofre de ansiedade crónica, sei o conforto que pode trazer um vídeo simples e leve em alturas em que a coisa parece demasiado para aguentar. reconheço-lhe a utilidade para muitos em tempos de aflição. já usufruí de muitas horas de escapismo quando a vida parecia demente. e, caramba, boa parte da minha vida dedica-se a prestar esse mesmo serviço.
portanto aqui está.
quem me segue no Instagram sabe que não falo só de arco-íris e laçarotes, batons e cremes. mas, para alguém que tropece neste post neste dia, saiba o que me esteve no peito.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.