terminados de Maio

mais um daqueles, em que me debruço sobre a experiência dos produtos que usei até ao fim.

*links afiliados para a More Than Beauty Store. Se precisam de fazer compras e querem ajudar-me a continuar a comprar e avaliar produtos de skincare, esta é uma forma de apoiarem. Tenham 10% de desconto em qualquer compra usando o código FREEVOLOUS10 no check-out.

coisas novas que fazem brilhar

não sendo pessoa de vídeos de “olháqui o qu’eu comprei”, nos últimos meses tenho, à força de coincidências e buracos negros da internet, redireccionado a minha atenção para marcas um bocadinho menos conhecidas (pelo menos para mim) e tenho encontrado coisas tão tão bonitas e interessantes que tive de partilhar. sem discriminar, também cá andam umas Natashas e umas Lisas 😉

a coisa mais especial é que, no que toca a boa parte das sombras, as marcas são europeias, o que poupa tempo de entrega, e paciência e dinheiro em alfândegas eheh.

se quiserem vídeos sobre alguma marca em específico, em que vos mostre os produtos, faça comparações ou até explique como pespego as cenas na cara, é só dizer.

clica para lista de produtos e links

Make Up Forever HD Skin foundation . up close and poresonal

anda tudo doido com esta base, por isso tive de fazer o meu próprio teste não-patrocinado.

apresenta-se como uma base com um acabamento muito natural, que se funde com a pele, numa fórmula ajustável de cobertura média a alta, acabamento semi-mate e muito duradoura (até 24 horas). e é indicada para peles normais, mistas e oleosas.
podiam ter usado o meu nome ao descrever as potencialidades da fórmula, certo?

pois que me enfiei numa Sephora, à procura da minha cor para vir experimentar para vocês.

já agora: pelo menos na Sephora onde fui não estavam disponíveis todas as cores para experimentar. as referências que a marca dá para equivalência de cores entre as diferentes fórmulas não resultou de todo (comigo): era tudo demasiado escuro. a base também parece oxidar (ou fixar com uma cor mais escura e alaranjada, como preferirem), portanto ao fazer o teste deixem passar uns minutos antes de tomarem a decisão. acabei por escolher a 1N15, que se revelou uma correspondência perfeita.

não falo disto há muito tempo, mas aconselho sempre a, em podendo, pedirem amostras para testarem uma base antes de se comprometerem com a dita. além de despistar incompatibilidades de pele e poderem ver como se porta na vossa vida, poupa nas desilusões, nuns dinheiros valentes, e no desperdício para o ambiente.

esta base está disponível em 30 cores e neste momento custa 40€ por 30ml.

terminados de fevereiro e março

mais uma dose de avaliações rápidas de produtos que, de facto, são usados até à última gota.

*link afiliado. 10% de desconto na More Than Beauty com o código FREEVOLOUS10

Pat McGrath x Bridgerton

a paleta MTHRSHP Diamond of the First Water está à venda por 71€, por tempo limitado.
caidinha pelos vídeos do Instagram, tinha de experimentar em câmara na minha pele com textura e umas décadas de uso, sem filtros nem magias.

foi divertido experimentar as fórmulas muito especiais duma marca tão badalada, mas não foi uma viagem sem desafios.

as cores são muito bonitas e revelam-se na pele como aparecem na paleta. apesar de mais limitado, por causa da temática, ainda se conseguem alguns looks diferentes.

as sombras portam-se bem, esbatem-se com facilidade mas têm pigmentação, e podem intensificar-se com facilidade.
o mate escuro, Plum Regalia, não se deu muito bem com o primer que usei – o que é menos mal, porque raramente uso primer. não gosto de fixar o primer com pó porque acabo por criar mais textura e perder intensidade de cor nas sombras, mas cada um tem a sua técnica.
a sombra Astral (Regency Blue) é ao vivo muito mais seca/glitter solto e mais opaca do que pode parecer nas imagens. aconselho humedecer a sombra no pincel para aplicar com menos dispersão, e usar uma cola de glitter para estender a longevidade.
as cores rosadas têm a dose certa de pigmento e densidade para terem bastante pigmentação mas poderem ser usadas como blush. o acabamento semi-acetinado é um extra muito bem-vindo.
a sombra mais clara, Iconic Ingenue, é talvez a mais fraca do grupo: não tem muito brilho e acaba por dar um aspecto seco e textura à pele. em mim, não funciona como iluminador.

Usei o primer anti-idade da Urban Decay, o primer para glitter da NYX, o lápis Alcaline da Urban Decay, e o rímel Caution da Hourglass.

Nota: este vídeo foi filmado antes da invasão da Ucrânia.
é uma situação profundamente perturbadora e tenho [temos, tantos] o coração em alvoroço e uma profunda sensação de impotência.
por isso, quase não publiquei este vídeo. tudo me parece meio fútil e desprovido de sentido.
no entanto, como pessoa que sofre de ansiedade crónica, sei o conforto que pode trazer um vídeo simples e leve em alturas em que a coisa parece demasiado para aguentar. reconheço-lhe a utilidade para muitos em tempos de aflição. já usufruí de muitas horas de escapismo quando a vida parecia demente. e, caramba, boa parte da minha vida dedica-se a prestar esse mesmo serviço.
portanto aqui está.
quem me segue no Instagram sabe que não falo só de arco-íris e laçarotes, batons e cremes. mas, para alguém que tropece neste post neste dia, saiba o que me esteve no peito.

geek and gorgeous

uma pequena marca húngara, fundada por uma mulher e baseada em ciência, com uma linha de produtos de fórmulas simples mas não simplistas. as texturas são das mais elegantes que experienciei com produtos deste tipo e nível de preços. descobri-os há mais de dois anos e ainda não me cansei.

apesar de na maioria dos contextos preferir fórmulas mais complexas, há na minha rotina espaço para alguns essenciais que esta marca oferece, e alguns extras para complementar certas faltas ou necessidades. se querem saber tudo o que acho de tudo o que experimentei, este é o vídeo para vocês.

produtos mencionados:

  • C Glow
  • A Game
  • Stress Less
  • Liquid hydration
  • HA5 . Rich
  • B Bomb
  • Smooth Out
  • A Pad

podem comprar directamente do site da Geek and Gorgeous ou da loja portugesa More Than Beauty Store.
como sabem, sou afiliada da More than Beauty, portanto se quiserem apoiar-me podem usar o código FREEVOLOUS10 no check-out para terem desconto nas vossas compras, e eu ganho uma pequena comissão.

terminados de Janeiro

novo ano, velhos (bons) costumes de usar até à última gota os produtos que tenho cá em casa. venham ver o que achei de todos e cada um 🙂

produtos mencionados:

*link afiliado, usa o código FREEVOLOUS10 para teres desconto nas tuas compras na More Than Beauty Store

**produto enviado pela YesStyle com compromisso de menção (mas não compram a minha opinião) – link afiliado, usa o código FREEVOLOUS10 para teres desconto nas tuas compras no site.

***produto oferecido pela marca, sem compromisso de menção.

skincare que me desiludiu em 2021

há sempre aqueles produtos que não gostam de mim. acontece a todos e não são iguais para todos. normalmente polvilho os meus vídeos com algumas críticas menos positivas, especialmente no que toca aos terminados. pois que estes são os produtos que ao longo do ano nunca chegaram aos terminados porque está a ser muito difícil usá-los.

para cada testo a sua panela, o que não resultou para mim pode perfeitamente ser um vosso preferido, e podemos continuar a nossa amizade. isto não é para deitar abaixo os produtos ou das marcas ou das vossas escolhas pessoais, este é só o meu relato amargurado destes falhanços.

* link afiliado, usem o código FREEVOLOUS10 para 10% de desconto na More Than Beauty Store