tratamento clínico da hiperpigmentação, vol-1

Olá, coisas boas! Tinha saudades de escrever para vocês os três…

Estou a aproveitar um oportuno hiato em que o meu acne está praticamente inactivo para tratar da minha hiperpigmentação – que me acompanha graças a décadas de acne e, sim, má protecção solar nos meus verdes anos.

Fui à Skin Life Beauty Clinic – uma clínica de tratamentos de rosto liderada pela Dra. Ana Cristina Santos Silva.
A Skin Life também tem um SPA – mais dedicado a tratamentos faciais daqueles que sabem bem, e massagens –, e duas boutiques de cosmética e maquilhagem no centro de Lisboa.

Como já há muitos anos que comecei a tratar bem da minha pele, expondo-a aos melhores activos a que consigo deitar a mão, um peeling clássico não ia fazer grande diferença, por isso optámos por uma combinação de Microneedling e terapia Laser (esta última começaremos quando o sol não estiver tão forte. Para já seria contraproducente).

continuar a ler

Catrice HD Liquid Coverage Foundation

hoje, trago-vos um Up Close and Poresonal de uma base que, segundo a Stephanie Nicole, é em 95% semelhante à base que explodiu com os intertubos da beleza e tornou o YouTube impossível de frequentar durante o passado mês: a base da Fenty Beauty. partilham de uma grande parte dos ingredientes (os mais importantes estão inclusivamente pela mesma ordem), e desconfia-se que tenham sido desenvolvidas na mesma fábrica (ambas dizem Made in Italy) sem fórmula proprietária (ou seja, a fábrica é dona de uma fórmula e a marca só lhe encomenda pequenos ajustes e escolhe as cores, e depois trata do enfrascamento personalizado).
como OBVIAMENTE Portugal foi deixado de fora do lançamento mundial da Fenty Beauty (ai, Sephora, filha), eu resolvi experimentar a alegada prima pobre.

Continue a ler “Catrice HD Liquid Coverage Foundation”